Bispos

Bispos nascidos na diocese

  • Nascimento: 28/06/1877
  • Cidade Natal: Santa Cruz do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 22/06/1926 - Igreja Matriz de Santa Cruz do Sul
  • Lema: Longe de mim gloriar-me senão da Cruz de Cristo

Dom Guilherme Müller

Nasceu aos 28 de junho de 1877, em Cerro Alegre, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul. Filho de Leonardo e Josephina Müller, imigrantes alemães, e irmão do padre Carlos Müller, falecido. Guilherme fez seus estudos primários em sua terra natal. Cursou o seminário de Caxias do Sul e atuou durante todo o seu tempo de presbítero na mesma Diocese, especificamente em Santa Maria e Caxias do Sul.

Foi ordenado padre por Dom Cláudio Ponce de Leão no dia 3 de julho de 1900. No dia 09 de junho de 1926 foi nomeado para ser o primeiro bispo da recém-criada Diocese de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro. Foi ordenado bispo na Igreja Matriz de Santa Cruz do Sul em 22 de agosto de 1926. Logo em seguida, seguiu para sua nova diocese, onde exerceu o múnus episcopal durante nove anos. Tomou posse em Barra do Piraí no dia 09 de outubro de 1926. Tomou para lema episcopal: "Longe de mim gloriar-me senão da Cruz de Cristo".

Foi Dom Guilherme quem abençoou a pedra angular da então Catedral São João Batista, de Santa Cruz do Sul, no dia 3 de fevereiro de 1929 quando ainda era Igreja Matriz.

Faleceu na Comunidade dos Irmãos Maristas no distrito de Santa Cruz de Mendes, hoje município de Mendes, Rio de Janeiro, em 11 de dezembro de 1935, aos 58 anos. Seus restos mortais foram transportados para Barra do Piraí, Rio de Janeiro, e foram sepultados na Catedral de Santana.

  • Nascimento: 28/10/1885
  • Cidade Natal: Santa Cruz do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 03/12/1931 - Porto Alegre
  • Lema: Ad Jesum per Mariam (A Jesus por Maria)

Dom Antonio Reis

Nascido em Santa Cruz do Sul, Linha Nova, no dia 28 de outubro de 1885. Foi ordenado sacerdote em 1910 e sagrado bispo no dia 13 de dezembro de 1931, em Porto Alegre. Escolheu como lema episcopal: Ad Jesum per Mariam (A Jesus por Maria). Ele era ainda Cônego da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre quando, a 31 de julho de 1931 recebeu a sua nomeação para Bispo de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. No dia 13 de janeiro de 1932, Dom Antônio Reis, assumia como 3º Bispo de Santa Maria.

Dom Antônio visitava assiduamente as áreas da Diocese, criando sessenta novas Paróquias. Organizou a nova Diocese de Passo Fundo. Concluiu o Seminário Diocesano São José e fundou os dois Pré-Seminários de Ivorá e de Frederico Westphalen, ajudando ainda na construção do Seminário Maior de Viamão.

Diversas congregações religiosas vieram instalar-se na Diocese de Santa Maria à convite de Dom Antônio. Dedicou especial carinho aos Círculos Operários, Cidade dos Meninos, Pão dos Pobres, Conferências Vicentinas, à Ação Católica e à Ação Social Rural.

Entre as suas obras materiais destacam-se a nova residência episcopal e a Secretaria do Bispado, a reforma da Catedral Diocesana, a Casa de Retiros, o prédio da Ação Católica.

Dom Antônio Reis era conhecido como "o Bispo da Medianeira", tendo promovido com extremo zelo esta devoção, não só na Diocese de Santa Maria como em todo o Rio Grande. Foi o iniciador da construção do Santuário da Medianeira, em 1935.

Internado no Hospital de Caridade, Dom Antônio lá veio a falecer no dia 14 de setembro de 1960 e foi sepultado na Catedral de Santa Maria. 

  • Nascimento: 11/03/1919
  • Cidade Natal: Venâncio Aires/RS
  • Ordenação Episcopal: 30/10/1955 - Porto Alegre
  • Lema: In fraternitatis amore (Com um amor fraternal)

Dom Edmundo Kunz

Nasceu em Linha Isabela interior de Venâncio Aires, Rio Grande do Sul, no dia 11 de março de 1919. É filho de José Reinaldo Kunz e Ana Cecília Wilke. Estudou no Seminário Central de São Leopoldo. Foi ordenado sacerdote no dia 30 de novembro de 1944 por Dom João Becker na Catedral Metropolitana de Porto Alegre.

Como padre foi capelão do Colégio Rosário de 1945 a 1947. A partir de 1948 foi pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário. De 1954 e 1955 foi o primeiro reitor do Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição em Viamão, cargo que voltou a assumir de 1982 a 1984, já como bispo. Foi professor de filosofia e teologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e do Seminário de Viamão.

Foi nomeado Bispo Auxiliar de Porto Alegre, pelo Papa Pio XII em 01 de agosto de 1955, sendo ordenado bispo no dia 30 de outubro do mesmo ano por Dom Vicente Scherer. Seu lema episcopal era: In fraternitatis amore (Com um amor fraternal). Dom Edmundo dedicou-se profundamente a organização da Ação Católica e criou a Frente Agrária Gaúcha.

Faleceu com 69 anos de idade, aos 12 de setembro de 1988 em Porto Alegre. Seus restos mortais repousam na sua antiga paróquia de Nossa Senhora do Rosário, no centro de Porto Alegre. 

  • Nascimento: 22/11/1919
  • Cidade Natal: Santa Cruz do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 20/02/1972 - Santa Cruz do Sul

Dom Henrique Fröelich, sj

Natural da localidade de Cerro Alegre, interior de Santa Cruz do Sul, nasceu no dia 22 de novembro de 1919 e se tornou padre jesuíta no dia 03 de dezembro de 1952. Foi ordenado bispo no dia 20 de fevereiro de 1972, em Santa Cruz do Sul pelo Arcebispo Dom Vicente Scherer. De 1972 a 1982 foi bispo da Diocese de Diamantino, no Mato Grosso e, depois, foi o primeiro bispo da Diocese de Sinop, também no Mato Grosso onde precedeu a Dom Gentil Delazari. Faleceu no dia 28 de dezembro de 2003, em Sinop, Mato Grosso. 

  • Nascimento: 16/03/1924
  • Cidade Natal: Santa Clara do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 24/03/1974 - Porto Alegre
  • Lema: Servare Unitarem Spiritus (Conservar a unidade do Espírito)

Dom Urbano José Algayer

Nasceu no dia 16 de março de 1924, em Santa Clara do Sul, Rio Grande do Sul, na época município de Lajeado.

Fez seus estudos primários e secundários no Seminário Menor São José em Gravataí. Ingressou em 1944 no Seminário Maior de São Leopoldo, para os estudos de filosofia e teologia, que terminou em 1950.

Foi ordenado padre em 10 de dezembro de 1950 em sua cidade natal. Foi cooperador nas Paróquias de São Geraldo e São Pedro, em Porto Alegre, nos anos de 1951 a 1953. De 1954 a 1967, foi pároco da Paróquia Santo Antônio Pão dos Pobres. De 1967 a 1982 foi Vigário Geral da Arquidiocese de Porto Alegre. De 1953 a 1958, foi professor de Ética e História da Igreja, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Em 1983, fez curso de atualização sobre o Novo Código de Direito Canônico, na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma.

Aos 5 de fevereiro de 1974, foi nomeado pelo Papa Paulo VI, como Bispo Auxiliar de Porto Alegre. Foi ordenado bispo no dia 24 de março de 1974, em Porto Alegre. Escolheu para si o lema Episcopal: Servare Unitarem Spiritus (Conservar a unidade do Espírito). Durante muitos anos foi bispo auxiliar de Porto Alegre e secretário geral da CNBB Regional Sul III.

Em 4 de fevereiro de 1982, é nomeado pelo Papa João Paulo II, como bispo da Diocese de Passo Fundo. Em 19 de maio de 1999, tem a sua renuncia aceita por limite de idade. Atualmente mora em Passo Fundo, como Bispo Emérito. 

  • Nascimento: 20/12/1925
  • Cidade Natal: Santa Cruz do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 11/02/1983 - Santa Cruz do Sul

Dom Agostinho Kist, sj

Nasceu em Linha Santa Cruz, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, no dia 10 de dezembro de 1925. Foi ordenado Padre no dia 16 de dezembro de 1956. Ordenado Bispo no dia 11 de fevereiro de 1983, em Santa Cruz do Sul. Foi Bispo de Diamantino, Mato Grosso, onde substituiu a Dom Henrique Fröelich e precedeu Dom Canísio Klaus. Faleceu no dia 28 de fevereiro de 2002. 

  • Nascimento: 22/02/1932
  • Cidade Natal: Santa Cruz do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 25/04/1984 - Santa Cruz do Sul

Dom Anselmo Müller, msf

Natural de Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Anselmo nasceu no dia 22 de fevereiro de 1932. Foi ordenado sacerdote da  Congregação dos Missionários da Sagrada Família no dia 10 de dezembro de 1961. Nomeado Bispo no dia 25 de abril de 1984 foi ordenado por Dom Alberto Etges no dia 24 de junho de 1984, em Santa Cruz do Sul.

Durante muitos anos foi bispo de Januária, Minas Gerais. Faleceu no dia 24 de março de 2011 em Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Era irmão do padre Beno Müller, que foi padre do clero da Diocese de Santa Cruz do Sul. 

  • Nascimento: 12/10/1942
  • Cidade Natal: Encantado/RS
  • Ordenação Episcopal: 15/09/1991 - Santa Cruz do Sul
  • Lema: Mihi vivere Christus (Meu viver é Cristo)

Dom Paulo Antônio De Conto

Paulo é filho de Pio Luiz De Conto e Rosina Francisca Pretto De Conto. Nasceu em Encantado, Rio Grande do Sul, no dia 12 de outubro de 1942. Cursou seus estudos básicos na sua terra natal, depois ingressou no Seminário Menor Sagrado Coração de Jesus, em Arroio do Meio, em 1954. Cursou o ensino médio no Seminário Menor São José de Gravataí, seguindo para o Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição, em Viamão, onde cursou as faculdades de Filosofia e Teologia. Concluídos os estudos de filosofia e teologia foi ordenado padre em sua terra natal no dia 13 de julho de 1968, pelas mãos de Dom Alberto Etges. 

Como padre trabalhou em Rio Pardo, Pantano Grande e Santa Cruz do Sul. Foi também assistente dos seminaristas maiores da Diocese em Porto Alegre e vigário geral da Diocese. Dom Paulo foi eleito bispo em 24 de julho de 1991. Sua ordenação episcopal, das mãos de Dom Alberto Frederico Etges, se deu no dia 15 de setembro de 1991. Escolheu como Lema de vida Episcopal: Mihi vivere Christus (Meu viver é Cristo).

Como bispo trabalhou inicialmente na Diocese São Luís de Cáceres, no Mato Grosso. No dia 27 de maio de 1998 foi escolhido pelo Papa João Paulo II para ser o primeiro bispo da recém-criada Diocese de Criciúma em Santa Catarina. Tendo tomado posse na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, no dia 15 de agosto de 1998.

No dia 2 de julho de 2008 foi nomeado pelo Papa Bento XVI como primeiro bispo da recém-criada Diocese de Montenegro no Rio Grande do Sul. Tendo tomado posse no dia 6 de setembro de 2008. Atualmente continua como bispo de Montenegro, Rio Grande do Sul. 

  • Nascimento: 09/09/1940
  • Cidade Natal: Encantado/RS
  • Ordenação Episcopal: 27/03/1994 - Lajeado
  • Lema: Preparar os caminhos do Senhor

Dom Gentil Delazari

Nasceu no dia 9 de setembro de 1940, em Encantado. No dia 13 de julho de 1968 foi ordenado padre. Realizou seus estudos fundamental no Seminário Sagrado Coração de Jesus, de Arroio do Meio/RS, e o Ensino Médio no Seminário São José em Gravataí/RS. Foi ordenado presbítero no dia 13 de julho de 1968 em Relvado/RS.

Dedicou grande parte de sua vida sacerdotal à formação dos futuros padres, tendo trabalhado nos três seminários da Diocese. A ordenação episcopal se deu em Lajeado, Rio Grande do Sul, no dia 27 de março de 1994. Seu lema episcopal foi inspirado em João Batista e em Dom Alberto: "Preparar os caminhos do Senhor". É bispo da Diocese de Sinop, desde 1994. No Regional Oeste II é o bispo responsável pelo setor das Vocações. 

  • Nascimento: 24/09/1937
  • Cidade Natal: Venâncio Aires/RS
  • Ordenação Episcopal: 05/06/1994 - Porto Alegre
  • Lema: Alias oves habeo (Tenho outras ovelhas)

Dom José Clemente Weber

Natural de Santa Emília, interior de Venâncio Aires, Clemente nasceu no dia 24 de setembro de 1937. É filho de João Felipe Weber e Ana Berta Weber.

Fez os estudos primários e secundários no Seminário Sagrado Coração de Jesus, de Arroio do Meio e Seminário São José, de Gravataí. A Filosofia e a Teologia cursou na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Foi ordenado padre em 22 de dezembro de 1962, aos 25 anos de idade, na Igreja de Gesú, em Roma, pelo Cardeal Agostinho Bea. Como sacerdote atuou em diversas áreas na Arquidiocese de Porto Alegre.

Em 23 de março de 1994, foi nomeado Bispo auxiliar de Porto Alegre, pelo Papa João Paulo II. Em 5 de junho de 1994, foi ordenado Bispo, na Catedral Metropolitana de Porto Alegre. Dom Clemente escolheu como lema de vida episcopal: Alias oves habeo (Tenho outras ovelhas).

Em 8 de março de 2001 Dom Clemente foi designado como Vigário Episcopal do Vicariato de Montenegro, pertencente na época à Arquidiocese de Porto Alegre. No dia 15 de junho de 2004, Dom José Clemente foi nomeado, por João Paulo II, bispo da Diocese de Santo Ângelo. Em 24 de abril de 2013 o Papa Francisco aceita o pedido de renúncia de Dom José Clemente Weber. Atualmente é bispo emérito de Santo Ângelo.

  • Nascimento: 11/11/1949
  • Cidade Natal: Sério/RS
  • Ordenação Episcopal: 03/05/1998 - Santa Cruz do Sul
  • Lema: Evangelizar a todos

Dom Gílio Felício

Gílio Felício é natural de Sério, na época município de Lajeado. Nasceu no dia 11 de novembro de 1949. Logo sua família se transferiu para Santa Cruz do Sul, onde vive até os dias de hoje. Foi ordenado padre no dia 11 de novembro de 1979. Participou em nível nacional na fundação do movimento na Igreja Católica dos Agentes de Pastoral Negros.

Foi nomeado Bispo aos 21 de janeiro de 1998, pelo Papa João Paulo II, para ser Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Salvador, na Bahia. Foi ordenado Bispo no dia 03 de maio de 1998 pelo Cardeal Lucas Moreira Neves, na Catedral São João Batista, em Santa Cruz do Sul. Escolheu como lema de vida episcopal: EVANGELIZAR A TODOS.

Foi o primeiro negro a chegar ao episcopado em Salvador, Bahia. Na arquidiocese de Salvador foi o criador da Pastoral Afro. Em 11 de dezembro de 2002 foi designado bispo de Bagé, Rio Grande do Sul. Tomou posse no dia 9 de março de 2003.

Foi até 2007 o bispo coordenador da Pastoral Afro-Brasileira, na CNBB e a nível regional Sul III é o bispo referencial da Pastoral Afro. Atualmente é presidente do secretariado da Pastoral Afro-americana e caribenha.

No dia 9 de novembro de 2009 recebeu o título de Cidadão Honorário de Bagé. Desde janeiro de 2011 é membro do Conselho Econômico e Social do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

  • Nascimento: 19/02/1953
  • Cidade Natal: Lajeado/RS
  • Ordenação Episcopal: 20/06/1998
  • Lema: Caminhai no Senhor

Dom Anuar Batisti

Anuar Batisti nasceu no dia 19 de fevereiro de 1953 na localidade de Alto Honorato, então município de Lajeado, Rio Grande do Sul. Filho de Aniceto Battisti e Edorilda Knipof dos Santos. Ainda criança a família se transferiu para Tupãssi, no Paraná. Em 1963 ingressou no Seminário Menor de Toledo, onde fez o ensino fundamental. Depois frequentou o Seminário de Cascavel e o Seminário São José, em Curitiba.

Fez a Faculdade de Filosofia na PUC-PR. A teologia realizou no  Studium Theologicum, então afiliado à Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma. De outubro de 1978 a março de 1979, participou da escola sacerdotal do Movimento Focolare, em Frascati, na Itália. Completou sua formação teológica nos anos de 1979 e 1980, na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo. Foi ordenado presbítero do clero diocesano de Toledo, no dia 8 de dezembro de 1980.

Como sacerdote, ocupou funções sempre relacionadas à formação dos seminaristas. Em 1986, participou, em Toluca, no México, do Quinto Curso de Formadores, promovido pelo Departamento de Vocações e Ministérios, do CELAM. De 1986 a 1989, foi presidente da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil; e, de 1987 a 1990, da Organização dos Seminários Latino-Americanos. Foi diretor espiritual do Seminário de Toledo, de 1989 a 1991. Em 1990, participou, em Roma, da Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos sobre formação presbiteral. De 1991 a 1995, residiu em Bogotá, na Colômbia, sede do CELAM, onde trabalhou como secretário executivo do Departamento de Vocações e Ministérios, do CELAM.

Foi pároco da Paróquia de São Pedro e São Paulo, em Toledo, quando, no ano de 1996, com a transferência de Dom Lúcio Baumgaertner para Cascavel, foi nomeado administrador diocesano, cargo que exerceu por dois anos e meio. Em 15 de abril de 1998, por escolha do Papa João Paulo II, foi nomeado bispo diocesano de Toledo, Paraná, sendo empossado no mesmo dia da ordenação episcopal, a 20 de junho de 1998. Seu lema episcopal é: "Caminhai no Senhor".

Durante os anos de 2003 a 2007 foi o responsável pela Seção de Seminários e Ministérios Ordenados, do CELAM, para toda a América Latina, e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, da CNBB, para todo o Brasil. 

No dia 29 de setembro de 2004, foi nomeado como arcebispo da Arquidiocese de Maringá. Tomou posse como arcebispo em 24 de novembro do mesmo ano. Em maio de 2007 participou como membro delegado pela CNBB da Quinta Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e Caribenho, na cidade de Aparecida do Norte. Em 22 de outubro de 2009 o arcebispo recebeu da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, o título de Doutor Honoris Causa.

Atualmente permanece como arcebispo da Diocese de Maringá, Paraná. 

  • Nascimento: 03/10/1936
  • Cidade Natal: Santa Cruz do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 12/08/2000 - Porto Alegre
  • Lema: Paz e alegria no Espírito Santo

Dom Irineu Wilges, ofm

Nasceu na localidade de Linha Pinheiral, município de Santa Cruz do Sul, no dia 3 de outubro de 1936. Iniciou seus estudos na localidade natal onde cursou os estudos primários, de 1943 a 1948. Após, continuou sua formação no Seminário de Taquari no ano de 1949. Ingressou na Ordem dos Frades Menores, no dia 01 de fevereiro de 1956 e no mesmo ano fez o noviciado em Daltro Filho, onde também cursou filosofia por dois anos. Estudou teologia, de 1959 a 1962, em Divinópolis, Minas Gerais, lugar onde professou solenemente no dia 2 de fevereiro de 1960. Foi ordenado sacerdote em 15 de julho de 1962, em Divinópolis, Minas Gerais.

Foi assistente da JAC (Juventude Agrária Católica) nas paróquias de Progresso, Sério e Pouso Novo. Foi também vigário paroquial da paróquia São Cristóvão, em Lajeado, em 1964; de lá, em 1965, foi trabalhar como pároco em Progresso; em 1966 foi transferido para Ernestina. Cursou doutorado em teologia dogmática, em Roma, de 1966 a 1970.

Dedicou muitos anos na docência em teologia sendo que nos últimos tempos foi professor de teologia e espiritualidade franciscana, no Cairo, Egito. Na ordem Franciscana foi formador de seminaristas, definidor provincial, vigário e ministro provincial, definidor geral da ordem, em Roma.

Foi nomeado pelo Papa João Paulo II, no dia 14 de junho de 2000, como Bispo da Diocese de Cachoeira do Sul e sendo ordenado na Catedral Metropolitana de Porto Alegre, aos 12 de agosto de 2000, pelo Cardeal Aloísio Lorscheider. Tomou para si o lema episcopal: "Paz e alegria no Espírito Santo".

No dia 28 de novembro de 2011 o Papa Bento XVI aceitou o seu pedido de renúncia como bispo da Diocese de Cachoeira do Sul, por limite de idade.

  • Nascimento: 05/11/1956
  • Cidade Natal: Progresso/RS
  • Ordenação Episcopal: 17/07/2005

Dom Roque Paloschi

Natural de Progresso, Rio Grande do Sul, Roque Paloschi nasceu no dia 05 de novembro de 1956. Foi ordenado padre do clero da Diocese de Bagé no dia 07 de dezembro de 1986. Em 18 de maio de 2005 é nomeado pelo Papa Bento XVI e ordenado Bispo no dia 17 de julho do mesmo ano. É o terceiro Bispo da Diocese de Roraima, RR. Desenvolve grande atividade junto aos indígenas, sendo um dos bispos que se destaca na defesa das causas indígenas, no Brasil. 

  • Nascimento: 24/11/1942
  • Cidade Natal: Vale do Sol/RS
  • Ordenação Episcopal: 27/07/2008 - Santa Cruz do Sul
  • Lema: Preparar para o Senhor um povo perfeito

Dom Irineu Gassen, ofm

Nasceu na localidade de Formosa, Vale do Sol, no dia 24 de novembro de 1942.  Filho de Arnoldo Gassen e de Erna Maria Finkler Gassen

Cursou a escola fundamental na Escola Comunitária, em sua terra natal. Em 1954 ingressou no Seminário Seráfico São Francisco, em Taquari, concluindo o Curso preparatório e os ensinos fundamental e médio.

Em 1962 ingressou na Ordem Fransciscana, fazendo o Noviciado no Convento São Boaventura, de Daltro Filho, onde também realizou os estudos de Filosofia. Em 1965 fez o primeiro ano dos estudos de Teologia em Divinópolis, em Minas Gerais. Os outros três anos foram feitos no Seminário Maior Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Viamão. No dia 2 de fevereiro de 1966, em Divinópolis, fez os Votos Perpétuos Solenes na Ordem Franciscana.

A Ordenação de Diaconato aconteceu em 2 de dezembro de 1967, na Paróquia São Francisco de Assis, em Porto Alegre, sendo ordenado por Dom Edmundo Kunz. No dia 27 de julho de 1968, na Catedral São João Batista, recebeu a ordenação sacerdotal das mãos de Dom Alberto Etges.

Trabalhou vários anos na formação dos seminaristas franciscanos. Foi eleito Superior dos Franciscanos do Rio Grande do Sul, em outubro de 2001, ministério em que permaneceu por seis anos.

Foi nomeado pelo Papa Bento XVI para bispo da Diocese de Vacaria no dia 28 de maio de 2008. Foi ordenado bispo no dia 27 de julho de 2008, na Catedral São João Batista, de Santa Cruz do Sul pelo Cardeal Dom Cláudio Hummes e tomou posse na Catedral de Vacaria, no dia 24 de agosto de 2008. Em 2011 foi escolhido como bispo referencial para a Juventude no Regional Sul III, da CNBB.

Seu lema episcopal é: "Preparar para o Senhor um povo perfeito". 

  • Nascimento: 15/06/1960
  • Cidade Natal: Santa Clara do Sul/RS
  • Ordenação Episcopal: 15/12/2013 - Santa Clara do Sul

Dom João Inácio Muller, ofm

João Inácio nasceu em Santa Clara do Sul, na época município de Lajeado, no dia 15 de junho de 1960.

Ingressou na Ordem dos Frades Menores em 1973. Estudou Filosofia na Faculdade Imaculada Conceição, na cidade de Viamão, e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e no Studium Theologicum em Jerusalém. Obteve a Licenciatura em Teologia Espiritual no Antonianum em Roma.

Fez a profissão religiosa no dia 14 de abril de 1985 e foi ordenado sacerdote aos 3 de dezembro de 1988. Trabalhou como animador vocacional e na formação de novos frades. Foi Mestre de Noviços por sete anos e definidor provincial por nove anos. De 2007 a 2013, além de ministro provincial, era presidente da Conferência dos Frades Menores do Brasil. Possui mestrado em Teologia, com especialização em Espiritualidade Franciscana.

No dia 25 de setembro de 2013 o Papa Francisco o nomeou bispo da Diocese de Lorena. A ordenação episcopal de Frei João Inácio aconteceu no dia 15 de dezembro, em Santa Clara do Sul. O bispo ordenante foi o Cardeal Dom Cláudio Hummes. Atualmente Dom João Inácio Müller é bispo da Diocese de Lorena, São Paulo.

  • Nascimento: 09/10/1951
  • Cidade Natal: Arroio do Meio/RS

Dom Canísio Klaus

Canísio nasceu no dia 09 de outubro de 1951, em Arroio do Meio. É filho de Arthur e Hilda Klaus. Fez seus estudados primários em Arroio do Meio, secundários e filosóficos em Santa Cruz do Sul e teológicos em Porto Alegre. Foi ordenado padre no dia 28 de dezembro de 1979, junto com outros três colegas, todos naturais de Arroio do Meio. Como padre trabalhou nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado e no Seminário de Arroio do Meio, além de vários anos na Igreja Irmã de Sinop, Mato Grosso. Foi ordenado bispo no dia 21 de junho de 1998, em Arroio do Meio. Iniciou seu ministério episcopal na Diocese de Diamantino, onde permaneceu até julho de 2010, quando assumiu o episcopado da Diocese de Santa Cruz do Sul. Seu lema episcopal é: "Enviado para Evangelizar". 

VEJA MAIS SOBRE DOM CANÍSIO NOS BISPOS DA DIOCESE.